Esqueceu sua senha?

Não tem problema! Escreva seu CPF no campo abaixo e você receberá um e-mail.

Verifique seu e-mail!

Enviamos um e-mail para: emaildosusuario@mail.com

Ah! Não esqueça de ver sua caixa de spam!

Caso haja algum problema, ligue para 0800 643 0401

Blog do Sebrae/SC

Voltar

Incubadoras de empresas

PUBLICADO EM 24 de setembro de 2014

Imagine um empreendedor que quer desenvolver uma nova empresa, mas não tem dinheiro nem acesso à tecnologia. Para isso, existem as incubadoras de empresas, uma forma de incentivo ao desenvolvimento tecnológico, que cada vez se fortalece mais no Brasil.

sebrae 24091 - Incubadoras de empresas

Uma incubadora é um ambiente especialmente planejado para a difusão do conhecimento e da inovação, nela as empresas nascentes têm acesso a serviços especializados e consultorias que facilitam seu desenvolvimento e a realização de projetos inovadores.

Como funcionam

É aberto um processo seletivo e as empresas interessadas apresentam seu projeto de negócio. O grupo de consultores da incubadora avalia a ideia e havendo vaga aceita o empreendimento. As incubadoras geralmente aceitam projetos apresentados por:

1.    Pessoa Física. Oportunidade para pesquisador/profissional que tem uma tecnologia e quer constituir sua própria empresa com um produto/processo inovador.
2.    Empresa existente. Empresa consolidada que pretende desenvolver um produto dentro da incubadora.
3.    Empresa transferida. Empresa de base tecnológica que busca trabalho mais adequado a seus pesquisadores, aproximando-se dos centros tecnológicos.
4.    Nova empresa instituída por Pessoa Jurídica. Empresa ou grupo empresarial que deseja criar nova empresa de base tecnológica.

O tempo que uma empresa passa no programa de incubação pode variar bastante dependendo de alguns fatores, isso inclui o tipo do negócio e o nível de expertise do empreendedor. A média é de três a quatro anos “incubada”, recebendo consultoria para que ela possa se fortalecer. Depois desse tempo, dizemos que a empresa está graduada e poderá sobreviver sozinha ao mercado.

Em geral, a” taxa de mortalidade” das empresas aparece nos cinco primeiros anos, com o processo de incubação é possível reduzir os riscos de insucesso. Podemos comparar as incubadoras de empresas com as incubadoras de recém-nascidos, pois assim como os bebês, passada a fase de risco, as empresas estão prontas para sobreviver.

 

Incubadoras em Santa Catarina

Santa Catarina possui duas incubadoras de destaque. A CELTA – Centro Empresarial para Laboração de Tecnologias Avançadas e a Midi Tecnológico estão entre as 20 incubadoras com mais destaque no país, segundo levantamento da revista pequenas empresas grandes negócios. As duas têm trabalho especializado na gestão de empresas de base tecnológica(EBTs) incubadas.

Comentários


Ver mais comentários

Você precisa estar logado para comentar! Cadastre-se ou faça seu login!