Alimentos e Bebidas

Infográfico

06/09/2019

Delivery de alimentos nas redes sociais

Confira o que os usuários publicam sobre delivery de alimentos e como está a demanda por refeições com peixes e frutos do mar nesses serviços.

O mercado de delivery de alimentos online está em plena expansão. De acordo com dados da Statista, o segmento deverá faturar US$ 107,4 bilhões globalmente em 2019. No Brasil, esse valor girará em torno de US$ 2,4 bilhões - e deve crescer ainda mais graças à popularidade cada vez maior dos aplicativos de delivery. 

Tendo em vista o crescimento desse mercado e, sobretudo, do serviço demandado online via aplicativos, o Sistema de Inteligência Setorial do Sebrae buscou conhecer de que forma os usuários de internet brasileiros têm se relacionado com os serviços de entrega online e o que falam a respeito nas redes sociais. Da mesma forma, a pesquisa foi direcionada para compreender a dimensão da busca por pescados e frutos do mar, um tipo de produto pouco relacionado ao delivery, mas muito importante à economia de Santa Catarina. 

Confira abaixo um pouco mais sobre a pesquisa e o que foi possível descobrir:

  Foram analisadas 5.336 postagens de usuários de todo o Brasil

  52% do público analisado é composto por mulheres

  As faixas das 10h às 12h e das 18h às 20h - tipicamente, horários de almoço e jantar - tiveram maior número de publicações

  O termo "cupom", referente aos cupons de descontos oferecidos por aplicativos de delivery, foi o mais utilizado nas postagens

  Os usuários de redes sociais não costumam citar alimentos específicos em suas mensagens

Além disso, você também encontra neste documento:

  Panoramas global e nacional sobre o mercado de delivery

  Dados gerais sobre as postagens analisadas

  Perfil dos usuários que publicam sobre delivery

  Principais assuntos abordados pelos usuários

  O que as empresas de delivery costumam publicar

  O que as empresas de foodservice costumam publicar

  Pontos positivos e negativos observados

  Estratégias para empreender