Moda

Relatórios de inteligência

14/05/2019

Modelos de negócios em alta no comércio de moda

Atuação das empresas pode abranger venda online e offline. Confira.

O comércio consiste na ponta da cadeia que faz os produtos chegarem ao consumidor e, atualmente, existem diversos modelos de negócios que são aplicados para possibilitar as transações. O mercado de moda, tradicionalmente marcado pelas lojas físicas, propaga-se com força no e-commerce. Plataformas online permitem formatos de negócios variados, inclusive entre pessoas físicas, e que não necessariamente objetivam a venda.

Com grande importância para o segmento de moda, as micro e pequenas empresas podem investir em mais de um modelo de negócio, ampliando os canais de contato com o consumidor. Assim, este relatório de inteligência busca apresentar quais modelos estão sendo utilizados no comércio de moda e as vantagens e desvantagens de cada um deles.

Confira neste relatório:

  Comércio de moda: atacado e varejo

  Modelos de negócios em moda

  • Franquias
  • Ponto de venda
  • Pop-up stores
  • Quiosques
  • Clubes de assinatura
  • Comércio porta a porta
  • Vendas por catálogo
  • Vendas em lojas parceiras
  • E-commerce e marketplaces
  • Lojas online B2C
  • Lojas online B2B
  • Lojas online C2C
  • M-commerce
  • Peer-to-peer

  Casos de sucesso

  Ações recomendadas