Esqueceu sua senha?

Não tem problema! Escreva seu CPF no campo abaixo e você receberá um e-mail.

Verifique seu e-mail!

Enviamos um e-mail para: emaildosusuario@mail.com

Ah! Não esqueça de ver sua caixa de spam!

Caso haja algum problema, ligue para 0800 643 0401

Blog do Sebrae/SC

Voltar
20170919 Blog - Por que investir em revenda de calçados?

Por que investir em revenda de calçados?

PUBLICADO EM 19 de setembro de 2017

O mercado calçadista se reinventa de forma constante, por isso, é sempre importante que os empresários do setor estejam sempre atentos às tendências. Também é fundamental conhecer bem o seu público-alvo para saber quais novidades serão atrativas ou não.

A revenda de calçados é uma prática já bastante difundida no setor, mas que em tempos de instabilidade econômica pode ser uma boa oportunidade de negócio, tanto para os empreendedores, visto que a revenda é uma atividade lucrativa, como para os consumidores, que conseguem preços mais atraentes. Se você pensa em investir nesse nicho de mercado, confira algumas dicas do boletim de tendências do Sistema de Inteligência Setorial – SIS do Sebrae.

Principais vantagens

  • Segmento estável.
  • Compras frequentes.
  • Pouco afetado pela sazonalidade.
  • Demanda elevada dos públicos feminino e masculino.
  • Lucratividade alta.

Atenção: As revendas também possuem alta concorrência, diante disso, busque conhecer quais são os principais concorrentes, quais as principais necessidades e desejos do consumidor e quais as carências de mercado na sua região, assim como os fornecedores disponíveis, dessa forma será mais seguro o investimento no negócio

Como vender?

Os produtos podem ser comercializados em diferentes formatos e ambientes. Conheça os principais:

  • Loja online: alcança um público maior, possui custos baixos e necessita de pouco espaço, apenas para armazenar os produtos.
  • Loja física: possibilita uma maior conveniência aos consumidores que preferem comprar de um fornecedor próximo.
  • Catálogo: a demonstração dos produtos para os clientes através de catálogos impressos ou virtuais ajuda na redução de custos.
  • Autônomo: para quem tem pouco dinheiro para investir, talvez a melhor alternativa seja vender de porta em porta, indo até a casa dos clientes, ou deixando os produtos disponíveis em sua residência.

Quer conhecer alguns modelos de negócios e mais algumas dicas especiais do SIS? Baixe o boletim de tendências, é gratuito!

Comentários


Ver mais comentários

Você precisa estar logado para comentar! Cadastre-se ou faça seu login!