Esqueceu sua senha?

Não tem problema! Escreva seu CPF no campo abaixo e você receberá um e-mail.

Verifique seu e-mail!

Enviamos um e-mail para: emaildosusuario@mail.com

Ah! Não esqueça de ver sua caixa de spam!

Caso haja algum problema, ligue para 0800 643 0401

Blog do Sebrae/SC

Voltar
iStock 625686298 - 10 erros mais comuns em um ponto de venda

10 erros mais comuns em um ponto de venda

PUBLICADO EM 30 de Janeiro de 2015

Na empresa, o sucesso das vendas depende da exposição estratégica dos produtos, de uma vitrine atraente e sinalização adequada. O ponto de venda deve seduzir o cliente. Atualmente, as alternativas para despertar o consumo são tantas que é preciso inovar e cuidar dos ambientes para atrair e fidelizar o consumidor.

30 01 151 - 10 erros mais comuns em um ponto de venda

Não existe uma receita pronta para acertar no planejamento e execução do ponto de venda, mas alguns erros podem ser evitados, de forma a otimizar ainda mais o sucesso de seu negócio. Confira os 10 mais comuns:

1.Vitrine 

Se seu ponto de venda fosse uma pessoa, a vitrine e a fachada seria o rosto. É a primeira parte da loja com a qual seu cliente tem contato, por isso, é preciso cuidar para passar uma ótima primeira impressão – boa o suficiente para fazê-lo entrar. A fachada deve combinar com o interior, suas cores e iluminação devem estar de acordo com a comunicação visual da loja como um todo. As vitrines precisam traduzir ao máximo o que o cliente irá encontrar na loja.

2. Iluminação deficiente

A iluminação pode ser utilizada para destacar certos produtos, deixar o ambiente mais alegre ou aconchegante, e ainda ser um recurso para imprimir uma identidade ao local.

3. Temperatura

Quando o cliente entra em um estabelecimento, ele espera ter a experiência mais agradável possível. A temperatura do ambiente deve ser controlada para que as pessoas não sofram com frio ou calor. Fique atento ao tamanho do local e o número de pessoas que circulam por ele.

4. Cores desajustadas

Os balcões e prateleiras devem seguir um padrão de formato e cores, deixando o ambiente uniforme e organizado. Um colorido impensado pode deixar o local pesado e prejudicar a exposição dos produtos.

5. Atendimento

Trate seus clientes como você gostaria de ser tratado. Ofereça treinamento de qualidade para seus funcionários e garanta que o atendimento faça sua parte na hora de conquistar o consumidor.

6. Layout inadequado

Um bom layout do empreendimento garante a melhor utilização do espaço disponível, um fluxo mais racional, menor tempo de produção e atendimento, e melhores condições de trabalho.

7. Informações erradas

Questionamentos iguais devem ter a mesma resposta. Informar um cliente e em seguida mudar o posicionamento frente a outro pode dar a impressão que você não conhece a empresa e seu funcionamento. Sejam preços, normas ou procedimentos, tudo deve estar alinhado para que cause uma boa impressão e facilite o trabalho.

8. Renovação do ambiente

Não é preciso estar sempre em obras, uma boa opção é renovar o visual da vitrine, ou pequenos itens de decoração. A mudança pode ainda ser temática – de acordo com alguma data especial.

9. Estoque

Muitas vezes ter uma pequena gama de produtos, com estoque suficiente para atender a demanda, é melhor do que uma infinidade de opções que logo se acabam.

10. Formação do pessoal 

A qualidade dos recursos humanos utilizados pela empresa é, indiscutivelmente, uma das principais causas de sucesso ou fracasso. Até uma empresa pequena deve estabelecer um processo de recrutamento e seleção focado em encontrar a pessoa mais capacitada para a vaga, conforme o perfil necessário. Cursos de capacitação também garantem mais conhecimento e renovação do trabalho.

 

Comentários


Ver mais comentários

Você precisa estar logado para comentar! Cadastre-se ou faça seu login!