Esqueceu sua senha?

Não tem problema! Escreva seu CPF no campo abaixo e você receberá um e-mail.

Verifique seu e-mail!

Enviamos um e-mail para: emaildosusuario@mail.com

Ah! Não esqueça de ver sua caixa de spam!

Caso haja algum problema, ligue para 0800 643 0401

Blog do Sebrae/SC

Voltar
card 3 pilares design thinking uma abordagem para resolucao problemas - Segmento de beleza e bem-estar para pets está em expansão em SC

Segmento de beleza e bem-estar para pets está em expansão em SC

PUBLICADO EM 12 de dezembro de 2018

beleza e bem-estar para petsO mercado pet cresce todos os anos e o cuidado com a saúde e bem-estar dos bichinhos de estimação é uma das principais preocupações de seus donos. O Brasil é o segundo país em população de cães, gatos e aves domésticas. Em 2017, o setor apresentou 20,3 bilhões em faturamento no país (sendo considerado o terceiro maior do mundo). Em Santa Catarina, no mesmo ano houve um crescimento de 12% no número de estabelecimentos voltados aos animais. O relatório de inteligência produzido pelo SIS/Sebrae apresenta dados desse mercado, trazendo informações detalhadas sobre o tema.

A abrangência do setor já superou e muito os tradicionais serviços de banho e tosa. O segmento reúne as atividades de criação, produção e comercialização de animais de estimação e produtos relacionados a eles. Para quem escolhe cuidar de um animal de estimação, as opções para proporcionar conforto para o bichinho são diversas e tendem a aumentar cada vez mais.

Como se comporta o consumidor do mercado pet?

Para os tutores de animais no Brasil, o pet não é apenas um bichinho de estimação. Na verdade, ele é considerado um amigo e verdadeiro membro da família. Com tratamento cada vez mais humanizado, eles recebem alimentação saudável, consultas veterinárias e cuidados com a higiene regulares, momentos de lazer especiais e muita dedicação afetiva de seus donos.

O gasto médio mensal do brasileiro que cuida de um bicho de estimação gira em torno de R$ 189, porém esse valor pode aumentar para até R$ 224 nas classes A e B. Entre os itens que causam maior gasto estão: alimentação, xampus e condicionadores, medicamentos e vitaminas, brinquedos, vacinas, consultas a veterinários e banhos em pet shops.

Principais nichos e oportunidades

Os empreendimentos focados na venda de alimentos para animais (pet food) ainda representam os maiores números do setor. Eles são responsáveis por quase 70% do faturamento. Alguns dos principais estabelecimentos e produtos oferecidos nesse setor são as lojas agropecuárias e os pet shops tradicionais, que possuem diferentes opções de rações e petiscos para diversos tipos de animais.

Apesar da predominância dessa modalidade, alguns novos modelos de negócio na área também chamam a atenção. Entre eles, estão empresas delivery especializadas em alimentação orgânica e saudável para cães e gatos e padarias para animais, com bebidas, bolos, doces e outros alimentos específicos para diversos tipos de animais.

Além do pet food, outros nichos vêm ganhando cada vez mais espaço e se mostram como boas oportunidades de investimento, como pet vet (medicamentos), pet care (equipamentos, acessórios, produtos de higiene e beleza) e pet serv (serviços como adestramento, hospedagem e comércio de animais).

Tendências e modelos de negócio

O segmento de beleza e bem-estar para pets pode ser explorado em diversos tipos de empreendimentos, seguindo as tendências previstas para o setor. As principais áreas e modelos de negócio para os quais são esperados destaque e crescimento nos próximos anos são:

– Acessórios personalizados e estética

Ajustes e confecção de roupas sob medida e até adaptação de peças do dono para o pet estão entre alguns dos segmentos em destaque na área de estética animal, além de brinquedos e acessórios (como coleiras, sapatos e óculos).

– Alimentação saudável

A alimentação saudável é mais uma das tendências do mercado pet. Neste contexto, ganham destaques produtos que utilizam materiais e ingredientes sustentáveis, naturais e até mesmo veganos.

– Serviços de transporte e a domicílio

Serviços que ofereçam praticidade são outra tendência do mundo animal. Isso porque muitos tutores não possuem tempo disponível para buscar e levar seus pets em clínicas e pet shops durante o dia para que eles recebam os cuidados necessários.

– Hotéis e creches

Os hotéis para hospedagem de cães e gatos já são bastante conhecidos pelos donos de animais, porém outra tendência que vem ganhando destaque são as creches para os pets.

– Lojas online

Alguns serviços que podem ser explorados em lojas online voltadas para animais de estimação são venda de rações, acessórios, produtos de higiene e beleza, clube de assinaturas para recebimento de brindes especiais, entre outros.

Mais informações


Quer acompanhar as principais movimentações do mercado de Beleza e Bem-Estar? Ficar por dentro dos eventos do setor e principais tendências? Acesse o portal de Sistema de Inteligência Setorial do Sebrae.

Cadastre-se no SIS/SEBRAE para receber mensalmente relatórios e boletins de inteligência que o ajudarão na orientação do seu negócio.

*Conteúdo desenvolvido por Gabriel Rocha, jornalista. 

Comentários


Ver mais comentários

Você precisa estar logado para comentar! Cadastre-se ou faça seu login!